Basta !

  

Participo da Ciranda  Basta” da  Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores com meu sonetoBasta !”

 

 

Basta !

 

Um basta ao terrorismo e à violência,

Às guerras e, do amor, à grande ausência.

basta de terror e assassínios,

De assaltos, tantos crimes, extermínios.

 

basta de descaso com a Terra,

Dejetos sobre o solo e sob os mares.

Enquanto o lixo atômico se enterra,

Também, poluição, há, até, nos ares.

 

As águas que, outrora, cristalinas,

, hoje, a maioria, não é potável

E o clima nunca, tanto, foi instável.

 

Um basta a essa fúria assassina,

basta de assistir destruição !

Que o amor seja a humana inspiração.

 

Manoel Virgílio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s