O Amor ……

  

O Amor, Em Branco e Preto e em Cores.

 

Amores, vou cantando em sonetos.

Aqueles, bem vividos, verso em cores.

Porém, se estou vivendo dissabores

Eu verso o meu fel, em branco e preto.

 

O branco é a ausência de uma musa

Que a rima, quando é fraca, logo o acusa.

O preto, a falência de um amor

Que ao verso traz, no estro, um amargor.

 

Em cores, vai versando o coração:

O verde tem a ver com a esperança,

O azul que está no céu, mostra bonança.

 

Vermelho, de paixão é inspiração.

O ouro, no amor, também é sorte

E a rima, o poeta, a faz forte.

 

Manoel Virgílio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s