Mulher Poesia

 

Mulher Poesia

 

Tu és. para os meus olhos, poesia

Ès luz que o meu caminho, alumia.

Dizer que eu te amo é heresia:

Adoro-te, qual deusa, em fantasias

 

Venero este solo onde pisas,

E o ar que tu respiras é pura brisa.

Beleza como a tua nem das rosas

Que Deus, na natureza, faz formosas.

 

Tu fazes minha rima ser mais rica

Buscando teu amor, eu sou poeta

E fazes minha lira ser seleta.

 

Se longe, em minha vida, a tua fica,

Espero que em outra encarnação

Que teu, seja, enfim, meu coração!

 

Manoel Virgílio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s