Mais um soneto de amor: – Quem Dera

 Vez por outra eu posto sonetos de temas diferentes, mas o que amarra o pessoal, são os sonetos de amor e o soneto através dos tempos teve , sempre, esta característica. Vejam os  de Camões, como um grande exemplo. Assim, para os apaixonados:

  

Quem Dera

 

Quem dera ver a luz dos olhos teus,

Nos meus, os teus, fixados, enlevados.

Quem dera tê-la ao lado, abraçados,

Colados, nossos lábios, sonho meu!

 

Quem dera ter direito a um sorriso

Surgindo da beleza do teu rosto.

Sujeito estaria a perder o siso,

De tanto que seria o meu gosto.

 

Quem dera tua pele em minhas mãos

Carícias em teu corpo, ao teu cio,

Desejos provocando a sensação,

No corpo, eu sentindo teu arrepio.

].

Quem dera que a tivesse num andor,

A Deusa, Afrodite de meu amor.

 

Manoel Virgílio

Anúncios

3 comentários sobre “Mais um soneto de amor: – Quem Dera

  1. Boa noite meu amigo Virgílio.
    Verde que te quero verde… suave e esportivo. Tem tudo a ver com você. O poema vem mesmo a calhar neste clima do
    dia dos namorados.
    Grande beijo em seu coração e bom fim de semana.

  2. Liiiiiiiiindo demais!!!
    Acho até q foi dedica-lo a alguem especial…se é q me permite…heehehehh
    Ahhhh…esse clima de 12 de junho…amor…paixão…beijos…abraços…caricias…presentes…
    Tudo mto envolvente.
    Adoro isso…e quem não gosta??!!!!…lol…
     
    Venho deixar o meu carinho e o desejo de uma semana iluminada.
    bjksss millll
     

  3. Ai quem dera… que o "apaixonamento" durasse uma vida inteirinha com o coração a bater na garganta… Quem dera…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s