É Doce …

Conforme prometido, neste domingo, o soneto "É Doce …" 
 

  

É Doce ….

 

É doce a mulher a quem se ama,

É doce, quando diz ser nossa amante.

Adoça nossa vida, num instante,

As chamas de seus olhos nos inflama.

 

É doce ao nos fazer tantos carinhos

E quando, diz : – te amo, a sorrir.

Caminha, ao nosso lado, os caminhos

E segue nossa vida ao porvir.

 

É doce sua pele que, num beijo,

Provoca a toda hora um ensejo     

E traz, num arrepio, um desejo.

 

É doce em sua boca o sabor

De mel, que tem nos lábios, qual licor

Que, doce, sempre adoça o nosso amor.

 

Manoel Virgílio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s