Apresentando trabalhos de Enise Carone.

No meu Recanto de Encanto apresento-lhes mais uma vez a

poetisa Enise Carone com sua poesia surpreendente e intrigante. Confiram.

Reverso


Diante das ‘manadas’ calmas
Indagações voam
Como rochas moles
Que rolam morro abaixo
e se quebram…

A sede da sombra
A fome do escuro
O sol do não futuro
Espreitam pelas respostas…

A formula mesmo triste
É que o ser humano insiste
Em viver o que não existe

Enise Carone

 

 

Para Matar a Saudade

 

Para matar a saudade

dou voltas em meu universo

nunca chego ao ponto final.

 

Para matar o tempo

dou chance ao meu pensamento

sempre chego ao ponto inicial.

 

Para matar a noite

Dou brilho às estrelas

Nenhuma me vê como a principal.

 

Para matar o amor

mato-o em poesia,

só ai ele morre afinal…

 

Enise Carone

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s