Postagens de Natal

 

Seguindo a série sobre o Natal, posto hoje, de Gabriel Bicalho,  a mensagem, Natal dos meus Avós na Infância.. Amanhã postarei Tempo de Natal da poetisa Ceres Marylise e Espírito de Natal de Malu Mourão;  dia 24,  Feliz Aniversário, Menino Jesus de Marcial Salaverry e o meu soneto Natal. Todos esses poetas e poetisas da Academia Virtual Sala de Poetas e Escritores,  a qual também pertenço e que homenageio, assim. Finalizando a série, dia 25, o Meu Dia de Natal, de minha autoria.

 

 

 

 


Natal dos meus Avós na Infância
Gabriel Bicalho


I
Alguém instaurou a noite dos presépios
para o Natal dos meus Avós. Alguém
fabricou a árvore dos presentes mais brilhantes
e fê-la de um verde carregado a flocos brancos
para o Natal dos meus Avós. Alguém
tocou de leve os sete sinetes mágicos da Felicidade
pela Harmonia Universal dos meus Avós. Alguém,
que traz nos olhos o encanto das madrugadas celestiais
e, nas mãos, o generoso gesto daquele rotundo
Papai Noel da gente!

II
( No jejum dos corpos enfraquecidos,
Maria circunflexa o primeiro sorriso sobre o pequenino
corpo forte do Menino-Deus,
cujos braços abertos promovem a Fraternidade
entre os Homens e Animais de Boa-Vontade. )

III
Alguém transubstanciado
em minha carne de metamorfoses
instaurou a noite dos presépios messiânicos
para o Natal dos meus Bisavós, na infância!

 

Feliz Natal!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s