Ainda o Dia Internacional da Mulher

Recebi de meu amigo  Rômulo Lacerda, de Recife, a mensagem abaixo de uma amiga sua que lhes repasso pois achei-a maravilhosa.  Amanhã mais uma postagem na série "Poetas Que Admiro". Assinalo, aqui, novos records: semanal e de visitas num só dia. Na semana passada 1159 e 272 no dia 06/03.
 

MULHER / MULHER…

Marieta Borges Lins e Silva

  –             Dia Internacional da Mulher 

              

              

Chamam-te "frágil",

talvez pela suavidade do talhe do teu corpo,

ou – quem sabe – pela voz de tom ameno,

ou pelos gestos voluptuosos e doces…

 

Chamam-se "dona", "patroa",

e tantas outras formas pejorativas de dizer

que és diferente, que és especial

e que, sem ti, nenhum plano do Criador

se concretizaria,

porque do teu sim nasce a vitória da vida,

a coragem da perpetuação,

o sacrifício que não tem preço nem renúncia…

 

Frágil tu, mulher??? Que nada!

És a leoa defendendo a cria.

És a força avançando nas adversidades.

És a ternura acalentando o lar,

o bafo suave que ameniza a vida…

 

És mulher. Criada para agir ao lado do homem,

nem á frente, para o comando absoluto,

nem na retaguarda, para a submissão desejada por       

alguns…

mas ao lado, na partilha dos momentos felizes

e das horas difíceis e inevitáveis…

 

És mulher. Pronto.

Sublime obra do Criador,

na perfeita e completa criatura

posta no mundo com a missão de embelezá-lo

e torná-lo – dia a dia – melhor, melhor, melhor…

 ________________________________________________

 (Do livro “No Silêncio do Coração” – Ed.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s