Dia da Poesia

A AVESP promoveu um evento publicando 500 sonetos de 100 poetas. Agora à passagem do Dia da Poesia publicou este meu, uim dos 5 que enviei.

À Vate Efigênia Coutinho
Manoel Virgílio


À Vate Efigênia, que é Coutinho,
A "Dama da Poesia", como é aclamada.
Da "Sala de Poetas" fez um ninho,
Um ninho onde, a poesia, faz sua morada.

Quisera ser meu estro, eloqüente,
Nos versos que eu escrevo à vate nossa.
Importa ser, no entanto, competente,
P’ra, ver se, assim, meus versos ela endossa.

Seus versos, nos encanta, com poesia,
A lira que derrama, em seus poemas,
Nos leva, em belos sonhos, à fantasia.

Aqui, rendo homenagens à poetiza!
Queria que fosse com ricos fonemas,
Pois ricas rimas, o verso, eterniza!

 

100 POETAS 500 SONETOS

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s