Às mulheres poetisas

 

 

 

 

 

 

Mulher e Poetisa.

 

Mulher e Poetisa reunidas,

Duas almas numa única pessoa.

Pois foram num só corpo bem nascidas,

São notas que, em versos, mui ressoam.

 

Sensíveis, duplamente em comunhão,

Felizes, a mulher e a poetisa,

Resultam em fraterna união

Que a vida em poesia idealiza.

 

É mãe, é feminina, é mulher

 Que cumpre o seu dever, o seu mister

Divino, de dar à vida, acolhida!

 

É Vate, é Poetisa, é escolhida

Por Deus, que à sua lira concedeu,

Um estro que é maior e que é só seu.

 

Manoel Virgílio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s