Mais um soneto inédito

 

 

Um Homem Não Chora?

 

Quisera que eu fosse o namorado

Daquela que me deixa inspirado.

A quem, sempre, dedico os meus versos,

Porém o seu destino me é adverso.

 

Pois, dela, não mereço um carinho

E fico a sonhar, aqui, sozinho,

Em olhos que me fitam e descontrolam

E assim, os meus, em lágrimas, mui choram.

 

Quem disse que um homem nunca chora,

Se o disse foi porque nunca amou.

Por certo em seu passado houve a hora

Que em sonhos, pela amada, enfim, chorou!

 

Eu choro pelo amor de minha amada,

Porque nunca será… “a  namorada”!

 

Manoel Virgílio

Anúncios

Um comentário sobre “Mais um soneto inédito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s