Confissões

 

Confesso

 

Confesso que se um dia eu chorei,

Por certo foi por quem muito rezei.

Confesso: – muitas vezes eu amei;

        Portando, muitas vezes eu orei!         

 

Confesso, cada dia que eu orei,

Se foi por amor, nem sempre eu ganhei.

Confesso, não vivi o que apelei,

Pois muito que apelei, eu só sonhei.

 

Confesso que contigo eu sonhei,

Em sonhos, muito eróticos, te ganhei!

Em noites após noites acordei

E vendo que eram sonhos, eu chorei.

 

Chorei e no meu pranto, confessei:

– Errei! Te desejei, mas não orei!

 

Manoel Virgílio

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s