Meu amor não é efêmero!

  

 Jamais!

 

 

Jamais meu amor , por ti, será efêmero;

                              Não troco de amor, qual troco as calças.

Volúvel, com certeza, não é meu gênero,

Não julgues, assim, em mim, premissas falsas.

 

Eu amo, mais que o corpo, a tua mente

Aquilo que eu sinto haver em ti.

Que mostra quem tu és: – és muito gente,

E, ainda que à distância, isto senti.

 

Já vi que és muito só, sem solidão,

Nem mesmo a companhia que é dos teus

Evita, isolares, o teu eu.

 

São tuas, duas formas de viver:

– À noite, sempre triste no sonhar,

Ao dia, quer alegria externar. 

 

Manoel Virgílio

Anúncios

Um comentário sobre “Meu amor não é efêmero!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s