Dueto de Clau Assi e Manoel Virgílio

 

 

 

 

Total

 

Vôo para dentro de mim

Num silêncio amistoso

Não entendo o chamado

Vago e saudoso

Da parte mais íntima

 

Vôo pra dentro de mim

Livre e feliz

Que chamado pode haver tão impaciente?

Conduzindo-me na jornada

Da compreensão da alma minha?

 

Vôo para dentro de mim

Na voz do vento

No vulto solitário do eu

Recordo na imagem jovem

A beleza implacável e forte

 

Vôo pra dentro de mim

Do claustro da paciência teimo e fujo

Há um sereno abandono

Tomba a porcelana do acaso

Ressurge a emoção pueril

 

E então,

Vôo de dentro de mim

Olhar menos advertido

Pensar leve e solto

Na palma da mão a coragem

Dr ser novamente… total.

 

Clau Assi

 

 

Liberdade Total

 

Um ser completamente libertado,

Somente o interior manifestado.

De todas restrições que a mim  impostas,                                        

Seguindo, enfim, liberto, lhes dou as costas.

 

E sigo meu destino que, agora, o faço,

Na rota que desejo e que eu traço.

Não vivo à espera de esperanças,

Caminho minha estrada em minhas andanças.

 

Nem mesmo me importa se desagrado

O que me é importante é que me agrado.

Já chega de viver a vida como um escravo,

A quero qual meu sonho, sem agravos.

 

Terei a liberdade, enfim, total,

Ainda que no além, lá no astral!

 

Manoel Virgílio

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s