Meu Destino

 

 

Destino

Manoel Virgílio

.

Amargo qual o sabor do passado,

Incerto qual a sorte no futuro.

Passado que às vezes foi errado,

Futuro bem feliz, peço e auguro.

.

Tão doce como fosse o amor amado,

Salgado qual na língua o sabor fel.

Alegre quanto o amor que é chegado,

Tristonho nessa vida sem quartel.

.

Seguindo uma rota em meu destino,

Destino ignorado e deserto,

A um fim que sempre indago, mas não atino,

Presente que, também, se mostra incerto.

.

Vivendo uma vida em mistérios,

Certeza? Só um final no cemitério!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s