“Santa Maria”, soneto de Manoel Virgílio.

Santa Maria
Manoel Virgílio

Há festa! Na boate eles festejam,
Os jovens, as vitórias que almejam.
Dançando, preparando a formatura,
Atalho p’ra uma vida que futura.

Há fogo! São momentos de tristezas…
Presente, só a morte, malvadeza!
Nos corpos, pelo fogo, incinerados,
Futuro não há mais, resta o passado.

Há luto! Só lugar para a saudade…
Tragédia que abalou toda a cidade.
Nas chamas, encerradas esperanças,
Aos seus, somente ficam as lembranças.

Há lágrimas, ao invés das alegrias…
Consolai essas mães, Santa Maria!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s