Já disse que te amo hoje?

Já disse que te amo hoje?

(Mote, de Abílio Fernandes)

Manoel Virgílio

Não basta dizer, hoje, quanto te amo,

eu te amo, todos dias, e me ufano.

Repito, hoje, amanhã e para sempre,

que sempre te amarei… eternamente!

.

Amar-te, dia a dia, é minha glória,

Se for correspondido… é vitória!

Se digo que te amo e não respondes,

Será sinal de que não correspondes?

.

Porém, a cada dia, eu repito,

e insisto em te dizer do meu amor;

se não me dizes sim, é muita dor.

.

Eu digo, sempre digo, já é mito,

que te amo hoje, amanhã, depois também

pois sem o seu amor… não sou ninguém!

Anúncios

O Pão Nosso

O Pão Nosso

Manoel Virgílio

Oramos pelo pão de cada dia,

contudo muito mais, hoje, queremos.

Antigos só co’o pão sobreviviam,

agora, obesidade, é o que sofremos;

.

Vivemos num inútil consumismo,

comendo muito mais que precisamos

Assim, dizer, não chega a pessimismo

que, pela boca, nós nos enterramos.

.

Contudo o que mais é paradoxal:

enquanto pelo mundo muitos comem,

há outros, no entanto, que afinal,

a morte vêm a ter só pela fome.

.

Rezamos quando estamos dentro aos templos,

porém a oração nunca é o exemplo!

Dia Do Poeta , Poeta II soneto de Manoel Virgílio

Dia do Poeta

Poeta II

Manoel Virgílio

.

Poeta no seu sonho, vive e existe.

Se acorda, ao seu redor, tudo é mui triste.

Insiste, pois seu sonho é ilusão

E vive co’a ilusão, em comunhão.

.

Assim, vive visões de um bel futuro,

Visões de paz e amor que sejam puros.

E põe, em cada verso, uma esperança,

De um mundo bem feliz e de bonança.

.

É certo que o poeta é mais ousado,

Pois tem, no amor, do mundo uma visão,

Avante dos que têm os pés no chão.

.

Poeta que, no amor, tem mui sonhado,

Um mundo recriado por poetas,

De amor que de Cupido vem em setas.

Antônimos em Sonetos – Melhor e Pior

Antônimos em Sonetos 4

Manoel Virgílio

Melhor

Melhor do que outra coisa que qualquer,

Só mesmo o beijo de uma bel mulher.

Contudo bem melhor p’ra sua vida,

Se o beijo for daquela… a mais querida!

.

Melhor seleção é a brasileira,

Que, ao mastro, faz subir nossa bandeira.

Melhor clube? Por certo, o Fluminense!

E, dentre tantos craques, Pelé vence.

.

Melhor carnaval… Rio de Janeiro,

Cidade que é melhor, pelo ano inteiro.

Domingo, melhor dia da semana,

Mas, sexta, com cerveja, nos irmana.

.

E quem será melhor no mundo inteiro?

Aposto: será alguém … bem brasileiro!

.

Pior

Pior do que não ter o que vestir,

É não ter alguém para te despir.”

Pior do que não ter um grande amor,

Será, o seu, a outrem, dar seu calor.

.

Pior do que casar e não transar

É a mulher largada em pleno altar.

Pior do que não ter o que comer,

É ter o que comer e não poder.

.

Pior do que transar com mulher feia

E, ainda, a deixar co’a barriga cheia:

– É tentar co’uma bela e dar vexame!

.

Pior do que a mulher passa no parto

E, até daquela dor de um infarto:

– É ir fazer, da próstata, o exame!

Os Homens e a Felicidade

Os Homens e a Felicidade

Manoel Virgílio

Tentando conhecer meus semelhantes,

Eu busco os entender em seus problemas.

Aos outros conhecer é importante

E, sempre, estudá-los é bom tema.

.

.Os homens que são tão inteligentes

Por que não têm, jamais, felicidade?

Talvez isto não queiram, realmente,

Eis que a colocam, longe, na verdade.

.

Pois quanto ela mais chega, mais se afastam

E tudo o que conseguem, nunca basta.

Aquilo que já têm jamais lhes presta.

.

Em grupos eles vivem, tão somente,

Mas há muito egoismo em suas mentes.

Assim, felicidade não lhes resta!

Antônimos em Sonetos 3

Antônimos em Sonetos 3

O Branco

O branco veste as rosas com pureza,

em belas expressões da natureza.

E o branco imaculado, se total,

na pomba, é cor da paz, a mundial.

.

Porém a paz é sempre maculada

porque pelos conflitos é manchada,

o que só findará co’o fim das guerras,

A mancha que, p’ra o mundo, horror encerra.

.

De branco sobre o azul, num belo arranjo

que cobre toda a Terra como um véu,

as nuvens pregam paz, no espaço, ao léu.

.

De branco entoam hinos todos anjos,

também os querubins e os arcanjos,

co’a paz que o Senhor prega e vem do céu.

O Negro

É negro todo astral co’estrelas brancas,

acesas pelos tempos, como lâmpadas

que brilham pelo espaço infinito,

mas morrem; qual os homens são finitas!

.

Tragadas em buracos negros vão

sumindo, tendo ao fundo a escuridão.

O “negro” que destrói essa energia,

também, nova matéria formaria?

.

No espaço, o que palpita é energia,

porém se o “negro” a absorve e transforma,

assim, novas estrelas criaria!

.

Se o “negro” de matéria é gerador

e traz para a energia nova forma,

será, afinal, o “negro”, o criador?