Novembro

Novembro

Manoel Virgílio

Novembro, Todos Santos, comemora,

República, lembrada bem à hora

em que, corrupção, é um desconforto.

Também, vai homenagem a quem é morto.

.

Zumbi que , sempre, traz a consciência,

p’ra quem, direito humano, tem valência.

E segue essa Bandeira tão querida

que é símbolo de coisas esquecidas.

.

O verde que é das matas fica rubro

no fogo que destrói, impiedoso,

aquilo que nos deu, Deus, poderoso.

.

Mas o ouro, do amarelo, eu descubro,

que sai do bolso pobre que trabalha

e vai p’ra o do discurso, que atrapalha!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s