Estória De Carnaval

Estória de Carnaval
Manoel Virgílio

Menina, ela se vê fantasiada
nas ruas, desfilando, sem saber,
porque co’aquela roupa que enfeitada,
incômoda, tão quente, a querem ver.

Já moça, ela vestindo a fantasia,
cantando vai dançar co’a multidão.
Já a veste com prazer, com alegria,
buscando ter um par, ao coração.

Adulta, convivendo co’a folia,
todo ano, na avenida, a desfilar,
o amor no carnaval a procurar.

Idosa, guarda antigas fantasias,
o samba, ainda, prova ter no pé,
porém, em Pierrot, não faz mais fé.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s